Vigilante morre após testar feitiço que o deixaria a prova de balas

Um vigilante morreu após atirar contra si mesmo para testar um feitiço de proteção que o deixaria a prova de balas.

De acordo com a mídia local, Ahmadu Maikare fazia parte de um grupo de vigilantes do vilarejo de Dubul, na Nigéria.

O acidente aconteceu quando novos membros seriam iniciados no grupo de vigilantes.

Ahmadu fez diversos rituais e encantamentos para demonstrar sua fé diante dos novatos e depois atirou contra si mesmo, morrendo imediatamente.