Veterinária é suspeita de cachorro do vizinho a tiros

De acordo com a dona do animal, o animal foi morto no quintal de sua casa enquanto ela estava no trabalho. A vizinho forçou entrada pelo portão e atirou na cabeça do cachorro de 15 meses de idade.

Um parente da dona do animal encontrou o cachorro a beira da morte e o levou para uma clínica veterinária, mas o cachorro não resistiu aos ferimentos e morreu.

Dias antes do cachorro ser morto, a vizinha havia reclamado diversas vezes dos latidos do cachorro, enviando ameaças via mensagens de texto e até mesmo vídeos.

Policiais investigaram a casa da suspeita e encontraram drogas, mas não conseguiram encontrar a arma do crime. O caso aconteceu em Nova Orleans, nos Estados Unidos.

A veterinária Kelly Folse, de 35 anos, foi presa e demitida da clínica veterinária onde trabalhava, que também foi a mesma para onde o buldogue Bruizer foi levado.