Talco Infantil mata mulher de câncer

Um juiz determinou que família de mulher que morreu de câncer no ovários após usar talco Johnson & Johnson .

Eva Echeverria, de Los Angeles, alega que Johnson & Johnson falhou em avisar seus consumidores que o talco da marca poderia trazer riscos de câncer.

A mulher usava o talco da marca diariamente desde 1950 até 2016 e foi diagnosticada com câncer de ovário em 2017, de acordo com o relatório do caso.

Eva desenvolveu o câncer de ovário devido a ‘uso contínuo do perigoso talco’, ou pelo menos foi isso que ela declarou em seu processo contra a marca.

O advogado de Eva, Mark Robinson, afirma que sua cliente, enquanto estava sendo tratada contra o câncer, esperava que o processo levasse a Johnson   & Johnson   a colocar mais informações a respeitos dos riscos que o produto pode causar.

As evidências no caso incluem diversos documentos que comprovam que a marca estava ciente dos riscos do produto desenvolver câncer nos usuários.

Mia de mil pessoas já entraram com processos parecidos contra a Johnson & Johnson  , mas a marca continua a não colocar avisos em suas embalagens.

Fonte: Metro News UK