Saiba o que acontece com o rosto de um bebê quando a mãe bebe

Segundo o site Revista Crescer, pesquisadores do Instituto Murdoch Children em Victoria, na Austrália, apontam que ingerir álcool na gestação provoca danos gravíssimos na mãe e no feto também, pois o álcool interfere no desenvolvimento do bebê, provocando alterações dos traços no rosto.

Quando a gestante ingere bebidas alcoólicas, automaticamente o etanol que contém nessas bebidas atravessa a placentária e o álcool chega no sangue, o que chamamos de alcoolemia. O maior problema é que a mesma quantidade de álcool na mãe chegará no feto também com a mesma proporção.

Aborto espontâneo

A Síndrome do Alcoolismo Fetal (SAF) é responsável por muitos abortos espontâneos, para cada mil bebês que nascem vivos, atualmente ela afeta de um a dois.

Doenças mentais

As pesquisas apontaram que as bebidas alcoólicas ingeridas pelas mães na gravidez provocam transtornos psiquiátricos nos bebês, e muitos deles tornam-se dependentes do álcool na adolescência.

O bebê que sofre de SAF pode ter dificuldade de adaptação, problemas de autonomia (na vida adulta tornam-se fáceis de persuadir e manipular). Ele também pode desenvolver transtorno por déficit de atenção com hiperatividade.

Lembre-se: As bebidas alcoólicas sempre foram prejudicais para a saúde, infelizmente, muitas mulheres ingerem essas bebidas alcoólicas sem imaginarem que estão grávidas.

O acompanhamento médico durante a gestação é essencial para a saúde da mãe e do seu bebê, e, por favor mães, sejam sinceras com seu médico para sua segurança e de seu filho.

Procure evitar o consumo de álcool durante a gestação e depois dela. A prevenção sempre será sua grande aliada.