Refugiado se gaba ao vivo na internet de ter matado a mulher na frente dos filhos

Um refugiado sírio de 41 anos foi detido após matar a mulher com facadas em frente aos filhos menores.

Abu Marwan, residente em Mühlacker, na Alemanha, fez uma transmissão ao vivo nas redes sociais logo após o crime onde ainda aparecia com o sangue da mulher.

No vídeo ele explica que esfaqueou a mulher “umas três ou quatro vezes”. “Eu tentei resolver as coisas com ela, mas ela me expulsou de casa. Por isso a esfaqueei. Se ela morreu ou não, não sei. A todas as mulheres deixo um aviso: é assim que vão acabar se traírem ou irritarem seus maridos”, diz o homem no vídeo enquanto mostra a cara suja de sangue e um corte que fez na mão enquanto esfaqueava a mulher.

No vídeo aparece uma das crianças que teriam assistido a morte da mãe. Abu fugiu com as crianças após ter matado a mulher de 37 anos e só foi detido pelas autoridades alemãs.

Ele era conhecido pelos vizinhos como violento, o que teria motivado o divórcio. Quando ele soube que ela estava apaixonada por outro homem, decidiu matar a ex. Os filhos do casal foram entregues ao serviço social alemão.