Queda de torcedora do São Paulo pode custar até R$ 20mil

A torcedora do São Paulo Milene Nunes Adipietro acionou o São Paulo na Justiça por dano moral e irregularidades no atendimento. Ela e a sobrinha caíram no gramado após a grade de proteção do camarote ceder, provocando a queda de outros 15 torcedores, na partida vencida pelo São Paulo contra o Atlético-MG, 1 a 0, em 12 de maio, pelas quartas de finais da Libertadores.

Milene não se feriu, mas sua sobrinha, Amanda Thiel, sofreu lesões no pulso e mandíbula. A autora do processo estava no jogo do São Paulo acompanhada também da filha, que não se feriu. O valor da ação é de R$ 20 mil.