Professora reprovava alunos que não fizessem sexo com ela, veja fotos e vídeos

A professora foi descoberta quando o pai de um dos alunos encontrou fotos sensuais da mesma no telefone dele.

Seus alvos eram estudantes entre 16 e 17 anos, e dizia que iria melhorar as notas dos alunos se eles fizessem sexo com eles. Caso eles negassem o sexo, ela falava que iria reprová-los.

Agora ela pode ser condenada a até 40 anos de prisão, e seu marido está pedindo o divórcio.

A professora identificada apenas como Yokasta M, de 40 anos, lecionava em Medellin, na Colômbia.