Polícia encontra responsável por ‘trilha de lingeries’

A polícia recebeu o alerta sobre a trilha estranha em outubro, e vinha desde então tentando descobrir quem era o responsável por aquilo.

De acordo com testemunhas, algumas das peças íntimas estavam acompanhadas de imagens pornográficas.

O culpado só foi encontrado este mês após a a polícia instalar câmeras escondidas na reserva ambiental do Bosque de Pratts Wayne. O culpado era o idoso de 67 anos William Winnie.

Ele disse que estava fazendo a trilha de roupas íntimas como parte de um experimento para ver o que as pessoas fariam, mas negou ter deixado imagens pornográficas.

O caso aconteceu nos Estados Unidos.