Pai mata o filho de 7 meses torcendo seus testículos e sufocando

Kane Kennedy, de 20 anos tem a fama de ficar ‘mal-humorado” quando não consegue usar maconha. E isto foi o que deu início à barbárie que cometeu com o filho de 7 meses, conforme concluiu o tribunal de Preston Crown, na Inglaterra.

Conforme as conclusões do julgamento, Kane pegou os testículos do pequeno Oskar e começou a beliscar e torcê-los enquanto a criança de forma indefesa chorava. Em seguida passou a enfiar os dedos na garganta do bebê para aumentar a dor. Foi então que colocou a mão sobre a boca da criança que foi sufocada até a morte.

Kennedy negou o crime e tentou colocar a culpa na mãe da criança, Tia Jobey. No entanto o júri não acreditou na versão.

O crime ocorreu na virada dos dias 30 de setembro e 1 de outubro. No dia 15 de dezembro ele será sentenciado. A mãe ainda chegou a admitir a culpa no lugar do parceiro, mas deverá responder em uma instituição para jovens infratores por 2 anos e 6 meses. Seus advogados alegaram que ela havia “se apaixonado e entrado de cabeça nessa relação, cegando para os sinais”.

No Facebook o casal teria discutido após Kennedy ter ferido a garganta da criança em outra ocasião.