Pai diz ter matado filha de 18 meses esfaqueada a comando de Deus, entenda

Mark Hambrick, 45 anos, de Nova Orleans, Estados Unidos, ligou para a polícia na última terça-feira (17) informando que havia matado sua filha de 18 meses a facadas.

O homem alegou ter feito isso porque Deus o aconselhou a parar o tormento da filha.

 

A criança foi achada morta em cima da cama pelos policiais, Mark contou ter matado a filha durante a noite e esperado até as 7h da manhã para chamar a polícia.

Não foi comprovado que o homem sofre por algum tipo de doença mental.