O curioso caso das modelos sem mamilos

Pergunta o jornal ‘El Mundo’ no seu site: Porque é que as modelos de lingerie não têm mamilos? 

O jornal mostra dezenas de exemplos que incluem catálogos de marcas famosas como Victoria’s Secrets, Women’s Secrets ou a Etam. Nas redes sociais, viralizou correntes de mensagens que reúnem fotografias em que falta qualquer coisa à anatomia das modelos. 

A prática é admitida pelas marcas e tem uma explicação tão simples como desconcertante. Tem a ver com as redes sociais e com a censura automática que sites como o Instagram ou o Facebook fazem das imagens publicadas. “No Instagram, por exemplo, se se vê um pouco de um mamilo feminino, censuram a foto”, explica a Victoria’s Secrets ao El Mundo. 

As marcas optam pela autocensura para que as suas fotos possam chegar livremente a milhões de pessoas. Mas também há outras razões. Corrigir defeitos e fazer quem vê o catálogo se concentrar unicamente na roupa e não na modelo, por exemplo.  Mas há quem proteste. 

Em 2014, foi criado um movimento chamado ‘Free the nipples’ (Liberem os mamilos) para combater a “hipocrisia” da sociedade que quer esconder o corpo feminino, ao mesmo tempo que promove o culto exacerbado da beleza.