Mulher se casa com assassino de sua irmã gêmea

Uma jovem de 22 anos se casou com o assassino de sua irmã gêmea em Pico Truncado, Argentina. Em uma cerimônia marcada pela revolta de várias pessoas, que jogaram pedras e ovos no esposo presidiário na saída do Registro Civil.

“A cerimônia entre Victor Cingolani e Edith Casas foi breve, durou entre 15 e 20 minutos. Havia familiares do noivo, mas não da noiva”, disse uma testemunha que trabalha no Registro Civil.

Cerca de 20 pessoas jogaram pedras e ovos conta Cingolani, ele cumpre pena de 13 anos pelo assassinato de Johana Casas, irmã gêmea de sua nova esposa.

Edith acredita na inocência de seu marido e já havia tentado casar com ele antes, porém sua mãe conseguiu na justiça o direito de fazer a filha passar por exames psicológicos antes de cerimônia.

“Para mim morreram as duas. Johana está com Deus e Edith, com o diabo”, disse o pai da noiva.