Mulher esfaqueia ex-namorado porque ‘ele vivia reclamando da vida’

O homem foi esfaqueado três vezes enquanto estava distraído ouvindo o rádio. Eles haviam namorado durante nove anos e tornaram-se amigos após o término.

A suspeita disse à polícia que “Ele estaria melhor morto”.

Em depoimento ela disse: “Ele tinha que morrer, ele não podia mais viver daquele jeito. Eu tentei matá-lo para acabar com sua miséria”.

“Eu estava cansada de ouvi-lo reclamando o tempo todo sobre como a vida era difícil. Eu não podia fazer mais nada por ele”.

Durante o ataque, a mulher de 53 anos estava alcoolizada. Gillian Mckenzie foi condenada a 11 anos de prisão em Ashford, na Inglaterra.

A vítima não morreu e está se recuperando em um hospital.