Médico admite marcar órgãos de pacientes feito gado

O cirurgião foi condenado por ter marcado os fígados de dois pacientes usando gás argônio para escrever suas iniciais: “SB”.

Ele cometeu o crime ao fazer transplantes de fígado, fazendo com que os pacientes tivessem efeitos colaterais. Ele não disse o que o motivou a violar os órgãos de seus pacientes.

O profissional de 53 anos Simon Bramhall foi afastado de suas atividades como médico. O caso aconteceu em Birmingham, na Inglaterra.