Mãe morre após ser cozida viva em caldeirão de fábrica

 

Natalia Nemets morreu após um acidente de trabalho na fábrica onde trabalhava na cidade de Stary Oskol, na região de Belgorod, Rússia.

Ela estava limpando o caldeirão quando inesperadamente caramelo fervendo caiu sobre ela. Quando os colegas da fábrica de chocolate a encontraram viram apenas seus pés de fora do caldeirão. Natalia sequer teve tempo de gritar.

Conforme funcionários que testemunharam a tragédia, para que o corpo da mulher de 36 anos fosse removido foi necessário primeiro tirar o caramelo. O caso está sendo investigado. É a terceira morte que ocorre no local. Os funcionários disseram aos policiais que os casos são sempre abafados.

Ela deixa o marido e um filho de 10 anos.