Mãe e filha criam site pornô e estão ficando milionárias

Conhecidas como ‘Sexxxtons’, a mãe Jessica, de 56 anos, e a filha Monica, de 22, criaram um site de conteúdo sexual e lançaram recentemente um DVD. “Eu gosto de sexo e me divirto com a minha mãe. Durante as cenas, só penso no dinheiro que vamos ganhar”, afirmou Mônica, em entrevista ao jornal ‘Huffington Post’. 

Depois da família ter sido despejada de casa, há três anos, Monica decidiu ser bailarina e entrou na indústria pornográfica para pagar as despesas. A ideia de Jessica entrar também no mundo da pornografia partiu da filha. “Foi ideia minha. Deixei a escola no nono ano e achei que era uma boa oportunidade pra ganhar dinheiro”, afirmou a jovem, que perdeu a virgindade aos 12 anos. 

Apesar de estarem juntas, mãe e filha não podem se tocar para evitar problemas legais. “Não temos nenhum problema em estar as duas com um homem. Podemos ter sexo com o mesmo homem, mas não podemos interagir as duas”, explicou Jessica. 

Para Monica não é tão simples: “Não é fácil. Os nossos lábios nunca tocam e isso é um problema quando estamos filmando”. Apesar de não violarem a lei, há muita controvérsia. Para o psiquiatra de Beverly Hills Carole Lieberman, este tipo de atividade pode ser comparado a ‘incesto emocional’. 

“Passa muitas fronteiras. Apesar de não haver sexo entre as duas, há prazer para uma ou para as duas e isso passa a linha das relações sexuais”. Apesar de Jessica e Monica conseguirem ganhar muito dinheiro, pelo histórico da indústria pornográfica, Bill Margold não acredita que tenham muito sucesso. “A indústria para adultos não é estúpida. Eles já têm problemas suficientes para estar promovendo um incesto na frente das câmaras”, disse.