Jovem faz greve de fome para conseguir emprego

Alexander Farias da Silva, de 22 anos, não aguentando mais ficar desempregado, perdeu a paciência depois de três anos procurando emprego em Rio Branco, Acre. Ele se acorrentou em um poste em frente à Assembléia Legislativa Estadual e diz que só sai dali quando receber uma proposta de emprego, seja qual for. O jovem prometeu não comer e nem beber enquanto estiver ali.

“Eles dão preferência para quem tem experiência, mas não dão oportunidade da gente trabalhar a primeira vez”, disse o rapaz. “As pessoas que conheço só trabalham porque foram indicados por políticos”, completou.

Alexander se formou no ensino médio em 2013 e, desde então, não conseguiu mostrar serviço para sustentar a família. Ele afirma ter curso de libras e curso básico de inglês e informática.