Homem mata vizinho após briga no grupo de WhatsApp

Briga de condomínio acaba em morte no Distrito Federal por um motivo bem idiota, o cuspi. Um homem identificado como José Costa, um polícia reformado, teria se irritado com o que achou que fosse um cuspi no peitoral de sua janela.

Costa tirou uma foto da mancha, mandou pelo grupo de WhatsApp do condomínio onde mora e passou a acusar o vizinho de cima. Adilson Silva, o vizinho de cima, respondeu com grosseria e negou a acusação.

Em dado momento, Silva escreveu para Costa: “Meu irmão, você tá a afim de resolver sua p****, você venha pra cá e fale, tá bom? Não venha pra cá botar p**** de grupo. Você não sabe o que tá falando, não. […] Cheira essa desgraça aí e veja se é uma pasta de dente, rapaz! […] Suba aqui pra gente conversar.”

E foi aí que a discussão foi para vida real. Costa subiu até o apartamento de Silva e os dois teriam entrado em luta corporal, foi quando Costa teria sacado uma arma e atirado em Silva, que morreu na hora.

A polícia está investigando o caso.