Homem é preso por mandar garotas de programa pra casa do vizinho

De acordo com as autoridades, o homem de 45 anos pedia que as garotas de programa dançassem e se despissem na frente da casa do vizinho no início da noite ou da manhã.

A vítima, que é casado e possui dois filhos, informou à polícia que após terminar a apresentação as garotas de programa ficavam cobrando o pagamento.

Em um ano, a família havia sido vítima de pelo menos 30 apresentações.

O culpado morava na casa da frente, e ficava observando de sua cozinha enquanto as garotas de programa se apresentavam do outro lado da rua.

O homem identificado como Douglas Goldsberry foi condenado a quatro anos de prisão.

A polícia também encontrou pornografia infantil na casa de Douglas, o que pode aumentar sua pena para até 20 anos. O caso aconteceu em Elkhorn, nos Estados Unidos.