Homem colecionava 21 vaginas em freezer

Um homem que possuía 21 vaginas cortadas em seu freezer foi preso pela polícia. Peter Frederiksen, um dinamarquês de 63 anos de idade que morava na África do Sul, teve a das invadidas pela polícia após sua esposa alegar ter sido drogada e ter a genitália cortada.

As autoridades encontraram a vagina da vítima e muitas outras. Havia partes genitais de corpos e 21 mulheres em sacos plásticos congelados e rotulados.

A poleia investiga o caso para saber quem são as outras 20 vítimas, e confiscou os equipamentos cirúrgicos, anestésicos e uma grande coleção de fotografias, todos no local.