Holanda recicla papel para fazer ciclovias, mas adivinha de onde eles tiram o papel

O governo Holandês iniciou um projeto de dois anos para para transformar papel higiênico usado na fabricação de asfalto. Uma ciclovia de 1 quilômetro entre as cidades de Stiens e Leewarden já foi inteiramente pavimentada com o novo processo. O papel higiênico é retirado do esgoto, pois os holandeses descartam o papel higiênico usado diretamente no vaso sanitário.

A adição da celulose do papel higiênico ao asfalto faz com que a mistura fique mais espessa, evitando que o betume sofra perdas durante o processamento, transporte e pavimentação. A celulose também faz com que o asfalto fique menos escorregadios em tempos de chuva.

De acordo com a empresa responsável pelo projeto, a KNN Cellulose, não dá para diferenciar o asfalto com a mistura especial do asfalto comum. O papel higiênico passa por diversas máquinas para ser limpo, esterilizado, descolorido e secado, produzindo um material cinza e fofo.

Um dos supervisores do projeto, Chris Reijken, afirmou: “Se você olhar para ele, não parece que veio do esgoto. Se você pode pegar nele, então você pode usá-lo sem problemas”.