Grávida fica entre a vida e morte após ‘chute’ do bebê romper o útero

Grávida de 35 semanas, Zhang quase perdeu a vida e o bebê. A chinesa acordou com fortes dores abdominais e procurou um hospital, após exames, os médicos do Hospital da Universidade de Pequim, em Shenzhen, perceberam que ela apresentava uma ruptura no útero. Uma ultrassonografia mostrou o motivo da ruptura: uma das pernas do bebê estava do lado de fora do órgão.

Segundo os médicos, a suspeita é que um “chute” do bebê tenha provocado o rompimento do útero. A situação trouxe muitos riscos, foi preciso que uma cesariana fosse feita as pressas.

Ambos, mãe e bebê, encontram-se estáveis.