Foto mostra Hitler vivendo na Colômbia anos após seu suposto suicídio, veja

O ex-soldado nazista Phillip Citroen levou ao serviço secreto norte-americano evidências que mostram que Adolf Hitler não teria se suicidado em 1945 em Berlim.

Phillip diz ter encontrado um homem que era muito semelhante ao ditador nazista morando na cidade de Tunja, ao norte de Bogotá, na Colômbia.

Diversos refugiados alemães fugiram para a América do Sul após o fim da Segunda Guerra Mundial, então comunidades repletas de alemães não eram estranhas na época.

O ex-soldado diz que o homem se identificada como Adolf Schuttlemayer e até respondia outros ex-soldados com saudações nazistas.

Phillip Citroen levou seu depoimento juntamente com uma foto sua junto do homem para o serviço secreto norte-americano na década de 50, mas a CIA descartou as evidências.

Até hoje muitos especulam que Hitler não se suicidou após o fim da guerra e fugiu para a Argentina, cujo presidente na época era simpatizante do regime nazista.

Mas a maioria dos historiadores considera que boato não passa de teorias da conspiração.