Fêmea orangotango era usada como escrava sexual em bordel

Uma orangotango fêmea foi salva pela Associação Protetora dos Orangotangos após descobrirem que ela era usada como escrava sexual, na vila de Borneo Apenas, na Indonésia. A fêmea chamada Pony foi encontrada com o pelo raspado e cheia de picadas de mosquito, em um prostíbulo. Ela estava presa por uma corrente de aço a uma parada, visivelmente maltratada, e deitada em um colchão todo manchado. Pony era a preferida dos homens que frequentavam o local em busca de sexo. 
A associação já havia tentado resgatar o animal antes, porém a segurança armada era forte e muitos já haviam recebido ameaças de morte. 
Porém, foi lançado um fundo de arrecadação de dinheiro que possibilitou contratar homens armados para resgatar Pony.