Enfermeira resgata amigo de infância das drogas após encontrá-lo na rua

Wanja Mwaura, de 32 anos, quase não reconheceu seu amigo de infância Patrick “HInga” Wanjiru, de 34, quando ele gritou seu nome em uma cidade do Quênia. Sua fisionomia havia mudado drasticamente devido ao uso abusivo de drogas, intensificada com a heroína, durante dos 10 anos morando na rua. No entanto, com a ajuda da enfermeira, ele teve acesso a reabilitação.

Wanja, que conheceu Hinga aos 7 anos, pediu ajuda para seus contatos nas redes sociais com o objetivo de arrecadar fundos para a reabilitação de seu amigo.

“Nós criamos uma página de crowdfunding, mas só conseguimos arrecadar cerca de 41 mil xelins do Quênia (R$ 1,2 mil) inicialmente. No entanto, o custo de nove dias de reabilitação no Centro Médicos Chiromo Lane em Nairobi é mais de 100 mil xelins (R$3 mil)”, afirmou a enfermeira.

De acordo com um porta-voz do programa de reabilitação, Hinga foi um paciente dedicado e comprometido com a desintoxicação de nove dias.

O reencontro marcou para sempre a vida do rapaz, que foi acolhido por Wanja após não vê-la por 15 anos. Ele declarou que queria apenas cumprimenta-la, mas afirmou que a amiga não o deixou sozinho.