Empresa gravava áudios sexuais dos usuários pelo celular

A companhia produtora de brinquedos sexuais está sendo acusada de gravar sons dos seus clientes pelos aparelhos celulares.

A Lovense produz brinquedos eróticos capazes de responder aos comandos de voz de seus usuários, mas recentemente um deles descobriu algo assustador.

Enquanto verificava seu celular, o cliente descobriu um arquivo de áudio de seis minutos contendo todo o seu momento íntimo com o brinquedo.

Após a polêmica, a Lovense emitiu uma nota, alegando que o arquivo faz parte de um erro do aplicativo integrado ao brinquedo.

Segundo a empresa, o arquivo de áudio serve apenas para realizar os comandos de voz e seriam apagados logo após terminar de usar o brinquedo.

No entanto, um bug nos celulares Android acabou fazendo com que esses arquivos não fossem deletados.

A Lovense garante que não compartilhou os áudios dos momentos íntimos de seus usuários e afirmou que o bug já foi corrigido.