Em avião russo que caiu, estava noivos prestes a se casar

A tragédia envolvendo voo TU-154 que estava a caminho de Ltakia na Síria de Moscou e caiu dois minutos depois de decolar com bom tempo, ceifou a vida de dois apaixonados. Pelo menos 92 pessoas estavam a bordo.

Ralina Gilmanova foi há poucos dias pedida em casamento por Mikhail e já pensavam em ter logo nos primeiros dias de casados seu primeiro filho. No entanto, a tragédia acabou interrompendo os sonhos dos dois que morreram juntos. Um ao lado do outro.

No início desta manhã somente doze corpos foram encontrados. Navios, helicópteros e drones fazem buscas na área do Mar Negro, onde a aeronave russa caiu.