Dono do primeiro “bordel de bonecas eróticas” do mundo fala sobre pedidos mais estranhos

O Lumidolls Bordello abriu este ano em Barcelona, com uma localização que é mantida em segredo por seu dono, Sergi Pietro.

Ele disse ao jornal The Sun que normalmente seus clientes vão atrás de seus serviços para realizar fantasias de estupro. Sergi Pietro diz que não quer promover esse tipo de atividade, mas que obviamente não possui tanto controle sobre o que os clientes fazem com a boneca, só pede que eles a deixem em bom estado de conservação.

O dono do bordel também disse que há um grande número de pessoas que procuram os serviços em busca de bonecas que se assemelhem com crianças, mas ele disse tomar a opção ética de não possuir nenhum tipo de boneca assim para não incentivar a pedofilia.

Ele disse que existem algumas fábricas que produzem bonecas desse tipo, mas ele prefere não adquiri-las para seu bordel.

Algumas pessoas dizem que bonecas eróticas podem ser utilizadas para tratar os distúrbios dos pedófilos, mas o Professor Noel Sharkey da Universidade de Sheffield disse que isso não acontece na prática e pediu que as bonecas eróticas infantis fossem banidas do Reino Unido.

O Lumidolls Bordello cobra o equivalente a 300 reais para que você tenha uma experiência com uma boneca de sua preferência. O cliente pode escolher as roupas e a posição em que ele deseja encontrar a boneca.

O local é mantido em segredo porque, inicialmente, diversas pessoas realizaram protestos na frente do bordel quando ele abriu, forçando-o a mudar de posição. Agora o endereço só é revelado a clientes que entram em contato online.