Casal vive com filho morto durante um mês

A polícia foi chamada ao local onde a família morava porque o casal não estava pagando o aluguel, mas se surpreendeu ao encontrar o corpo de uma criança em estado avançado de decomposição.

Os pais informaram à polícia que o filho de oito anos estava dormindo, quando na verdade a criança estava morta há um mês.

De acordo com o promotor responsável pelo caso, os pais se recusaram a oferecer atendimento médico adequado à criança por causa de suas crenças religiosas.

Eles trataram a asma do filho com medicina tradicional e remédios homeopáticos. O caso aconteceu em Gerona, na Espanha.

O casal norte-americano Bruce e Schrell Hopkins está sendo acusado pela justiça espanhola por homicídio culposo com agravante de parentesco.