Carta de vitima do Titanic é achada após 105 anos

Uma carta perdida, enviada por uma das vítimas do Titanic, é achada com os seguintes dizeres “se tudo ocorrer bem, nós chegaremos em Nova Iorque na terça-feira”.

A nota foi enviada por Alexander Oskar Holverson, 42 anos, que morreu no dia 14 de abril, 1912, quando o navio colidiu com o iceberg.

Ele estava escrevendo para sua mãe, Rachel Holverson, após sua ida a America. “Até agora o clima está bom. Se tudo ocorrer bem, nós chegaremos em Nove Iorque na terça-feira pela manhã”, ele escreveu.

Infelizmente, ele não chegou. Morreu junto com os demais 1.522 passageiros e tripulação, apesar de estar na primeira classe.

105 anos depois, a carta, que é a última coisa que se tem registro de ter sido escrita no navio, está para ir a leilão e tem preço estimado de 119 mil euros.

A carta foi recuperada junto ao corpo de Alexander, o que mostrava que o passageiro tinha esperança de envia-lo para sua mãe.

A carta vai a leilão no dia 21 de outubro, em Wiltshire.