Bebê fica com medo da cor vermelha após ver mãe sendo esfaqueada até a morte

Dylan Harries, de 22 anos, esfaqueou até a morte sua ex-namorada Katrina Evemy, de 19 anos, após término de namoro em Llanelli, no País de Gales. A filha bebê de Katrina assistiu a mãe sendo assassinada e desenvolveu uma fobia da cor vermelha.

De acordo com a avó da criança, Amanda Simon, disse que após o assassinato a neta ficou gritando por meia hora ao ver detergente vermelho no banheiro.

Dylan esfaqueou Katarina na garganta, testa e perfurou os dois olhos da ex-namorada ao saber que ela havia beijado outro homem após o término. Ela ainda passou seis dias internada em um hospital, mas não sobreviveu aos ferimento.

Ele foi condenado a prisão perpétua, devendo cumprir uma pena mínima de 27 anos antes de pedir liberdade condicional.