Bandidos pintam vira-lata e vendem como sendo de raça

Uma família do Rio de Janeiro comprou um Yorkshire pela internet, mas dias depois o cão começou a passar mal e foi levado ao veterinário, que diagnosticou que o animal estava com uma alergia provocada pela tinta usada para tingir seus pelos.

Segundo os veterinários, o rabo do cachorro estava quebrado e as orelhas coladas com fita crepe com a intensão de fazer parecer com um cão de raça.

A família registrou boletim de ocorrência e o anuncio foi retirado da internet.