Atriz de ‘Smallville’ é lider de culto de escravas sexuais

Uma das estrelas da série Smallville, que era transmitida ao meio dia no SBT, a atriz Alisson Mack, de 35 anos, foi identificada como uma das comandantes de um culto que recrutava escravas sexuais.

As mulheres da seita eram marcadas na pele, proibidas de se alimentar e sofriam punições físicas caso não recrutassem escravas para o grupo.

Chamado de DOS, o culto é uma sociedade secreta de mulher dentro do grupo de autoajuda proposto pela NXIVM, no qual participantes bondem discutir estratégias de evolução pessoal e como viver uma vida bem-sucedida. Somente metros leais do NXIVM podem se juntar aos DOS, tendo que revelar segredos comprometedores de suas vidas pessoais caso queiram fazer parte da seita. Alisson é subordinada imediata de Keith Raniere, líder do culto, sendo a segunda líder mais poderosa do grupo.

Cada comandante possuía escravas sexuais, e tais escravas poderiam recrutar suas próprias escravas. Todas as mulheres eram marcadas com as iniciais da atriz de Smallville e de Keith Raniere.