Amante rouba identidade de corno após mulher assassiná-lo

De acordo com a polícia, a mulher matou o marido com uma arma branca após ele descobrir a traição. Depois ela e o amante queimaram o corpo e o enterraram numa área de mata.

Para que ninguém desconfiasse da morte, o amante deixou que a mulher jogasse ácido em seu rosto e disse para todos que aquele homem desfigurado era na verdade seu falecido marido.

A farsa foi descoberta pela família do falecido quando o farsante se recusou a comer sopa de carneiro no hospital, que era a comida preferida do marido assassinado.

A mulher de 28 anos, Swathi, e seu amante Rajesh foram presos pela morte de Sudhakkar em Telangana, na Índia.

Eles afirmaram que tiveram a ideia após ver um filme indiano chamado ‘Yevadu’, onde um homem faz cirurgia plástica para assumir a identidade de outro.