Aluno dá dedada no ânus de outro e é expulso de Colégio Adventista

Um aluno do Colégio Adventista Milton Afonso, tradicional escola do Distrito Federal, foi expulso da escola após ser acusado de dar uma “dedada” no ânus de um colega.

Os pais chegaram a requerer que o aluno ao menos terminasse o ano letivo, porém o caso acabou na justiça e a família do aluno da dedada conseguiu uma liminar obrigando o Colégio a permitir que ele conclua o ano letivo.

A juíza que assinou a liminar também determinou que o colégio providencie acompanhamento psicológico e proteção ao estudante expulso.

As dedadas foram registradas por câmeras de segurança do colégio. Dois adolescentes pegaram um estudante de 14 anos e enfiaram os dedos nas nádegas. Conforme a mãe de um dos alunos expulsos, a “brincadeira” já ocorre desde o meio do ano.